Mini


Decorreu, durante os passados dias 12 e 13 de Dezembro de 2011, em Ponta Delgada (Açores), o seminário “REDES ENERGÉTICAS DO FUTURO: desafios para a Macaronésia”.

Este evento foi organizado pelo Fundo Regional da Ciência e Tecnologia, parceiro açoriano do projecto MaReS, com o intuito de potenciar as oportunidades de I&D na área das redes inteligentes de distribuição e gestão de energia na região macaronésica

Foram principais objectivos do Seminário:

(1) divulgar os projectos em desenvolvimento na Macaronésia;

(2) enquadrar as actividades e as potencialidades macaronésicas no âmbito português, espanhol e europeu;

(3) proporcionar uma oportunidade de contacto entre actores (investigadores e empresas) macaronésicos e outros considerados relevantes;

(4) elencar linhas de I&D nas quais os investigadores e empresas macaronésicas tenham sinergias e vantagens competitivas.

Para a realização do Seminário foram convidados a participar representantes de vários sectores relacionados com a temática em questão, nomeadamente académico, empresarial e público, tendo estado presentes 4 convidados da Madeira, 4 das Canárias, 16 dos Açores e 8 externos à região da Macaronésia.

Durante a manhã do dia 12 de Dezembro tiveram lugar 10 palestras que contextualizaram o desenvolvimento desta temática sob as várias perspectivas nos arquipélagos macaronésicos, bem como em termos de financiamento futuro. Durante o período da tarde deste dia foi ainda realizado um workshop onde, com base no contributo de todos os convidados, se procuraram definir estratégias de acção para um futuro próximo na área das redes inteligentes na Macaronésia

Na manhã do dia 13 de Dezembro, foram visitadas a central geotérmica da Lagoa do Fogo e o parque eólico do Planalto dos Graminhais, terminando o seminário com um almoço nas Furnas, zona da ilha de São Miguel caracterizada pela sua intensa atividade vulcânica secundária e riqueza hidrotermal.

A avaliação global do seminário foi extremamente positiva, uma vez que foram atingidos todos os objectivos pretendidos, especialmente no que diz respeito ao estabelecimento de contacto entre os vários participantes. Deste resultaram já potenciais parcerias para projectos a submeter em breve a financiamento da União Europeia, tendo por base as vantagens competitivas da região macaronésica no desenvolvimento de sistemas energéticos inteligentes, identificadas durante o seminário.

img_3666

dsc_4578

dsc_4578

Atlantic Forum